Benchmark de Solução

Executar e comparar: mecanismos, processos, objetos, resultados

O que é benchmark?

 

No universo da computação, benchmark é executar um programa de computador, de um conjunto de programas ou então outras operações para comparar a performance e o desempenho de um objeto/produto. Dessa forma, para conseguir dados corretos, uma série de testes padrões e ensaios são realizados.

 

Além disso, o termo benchmark usado em computação está relacionado aos programas desenvolvidos para executar o processo. Desse modo, tem o mesmo significado do utilizado no meio corporativo, pois o objetivo é comparar mecanismos, assim como processos, objetos e resultados.

Os computadores têm evoluído de forma rápida e, dessa forma, a comparação de desempenho de sistemas de computação apenas observando suas especificações ficou mais difícil. Por isso, os testes padrões foram criados a afim de que produtos sejam comparados, embora estejam envolvidos em arquiteturas diferentes.

Os benchmarks comuns são desenvolvidos para usar um tipo de comportamento em um componente ou então um sistema. Nesse sentido, os sintéticos fazem isso por meio de programas que impõem o tipo de comportamento desejado no objeto. No entanto, os de aplicação fazem a execução de programas do ‘mundo real’ no sistema.

Conheça os benchmarks mais comuns:

Padrão industrial (auditado e verificado);

Benchmarks com código-fonte abertos;

Benchmarks para Microsoft Windows;

Benchmarks para Mac IOS X;

Benchmarks para Java;

Benchmarks para Sistemas Embarcados;

Benchmarks para celulares.

Tipos de benchmarks

 

Podem ser identificados quatro tipos de benchmark: competitivo, que está relacionado aos processos e à gestão de empresas concorrentes; genérico, que é a comparação de parâmetros da funcionalidade das empresas; funcional, relativo a um processo de atuação da organização como, por exemplo, a distribuição; e, por fim, interno, quando se toma como referência as práticas e processos de outros setores dentro da própria empresa.

Qualquer usuário pode, sem dúvida, realizar o processo de benchmark em seu computador. Entretanto, é importante saber que alguns programas existentes podem causar danos ao PC. Por isso, como os softwares de benchmark fazem testes para o máximo dos componentes que existem na sua máquina, é preciso, primordialmente, que ela não seja usada durante o processo. Além disso, não se deve executar programas pesados enquanto os testes estiverem sendo realizados. Por isso, o recomendado é, sobretudo, manter poucos, e necessários, programas em execução.

eBook

Artigo

Fale com Especialista

Fale com nossos especialistas para saber mais sobre as soluções da Prime IT Solutions para seu negócio.

Veja Também

Thanks!

Fale conosco

Fale com nossos especialistas para saber mais sobre as soluções da Prime IT Solutions para seu negócio.

55 11 4133 3737

55 11 94711 0232

atendimento@primeit.com.br

Entre em contato