Desenvolvimento Híbrido

Um aplicativo, em duas plataformas diferentes, na metade do tempo

O que é desenvolvimento híbrido?

 

Foi-se o tempo em que profissionais precisavam programar um aplicativo duas vezes, com linguagens diferentes, para que ele funcionasse tanto no sistema Android quanto no IOS, que são os principais. No entanto, com o desenvolvimento híbrido, por meio de ferramenta específica, um único modelo se torna compatível com ambas as plataformas.

A interface dessa ferramenta permite que o app seja desenvolvido com acordo com as funcionalidades, design e outras questões relevantes. Além disso, ao selecionar em quais plataformas o aplicativo irá funcionar, o software gera um código diferente para cada sistema operacional. Dessa forma, no visual e na função, é como se o mesmo app rodasse em duas plataformas.

O desenvolvimento híbrido é diferente do nativo, pois, neste, é criado um aplicativo para cada sistema operacional. Dessa forma, para esse processo são utilizados frameworks, uma das ferramentas mais importantes e que dá suporte ao software. Eles ajudam a isolar as funcionalidades de alto nível de forma mais ágil e eficiente. Economizando, assim, boa parte do tempo de trabalho.

Processo de desenvolvimento híbrido

 

O processo de desenvolvimento híbrido inclui levantar todas as funções que o aplicativo terá, como, por exemplo, GPS, câmera ou outras mídias. Isso porque é necessário garantir que existe um plugin para traduzir o código.

 

Além disso, a escolha desse processo deve se basear não só na quantidade de usuários que se quer atingir, mas também nas funções disponíveis em cada sistema. Por exemplo, existem aplicativos exclusivos que só rodam no seu sistema operacional específico. Isto é, não funcionam em outros.

Esse processo também se destaca pela redução de custos, pois é um fator fundamental para o desenvolvimento de software. No entanto, o aplicativo nativo costuma custar, pelo menos, o dobro do híbrido. Isso porque, embora o back-end (que roda na nuvem) seja o mesmo, devem haver duas versões de front-end (que roda no dispositivo).

 

Em relação à manutenção do aplicativo, o híbrido também é mais vantajoso. Assim, qualquer mudança que seja necessária pode, de fato, ser feita em um único sistema. Além de mais rápida, essa ação evita o surgimento de side effects (efeitos colaterais ruins no código).

eBook

Fale com Especialista

Fale com nossos especialistas para saber mais sobre as soluções da Prime IT Solutions para seu negócio.

Veja Também

Thanks!

Fale conosco

Fale com nossos especialistas para saber mais sobre as soluções da Prime IT Solutions para seu negócio.

55 11 4133 3737

55 11 94711 0232

atendimento@primeit.com.br

Entre em contato