fbpx
 

Segurança Digital

segurança digital é a proteção feita para manter intactos os pilares da segurança de documentos e dados pessoais. Esses pilares são a confidencialidadeintegridade e a disponibilidade.
O tripé da segurança digital, composto por confidencialidade, integridade e a disponibilidade, é mantido através da implementação de medidas físicas, lógicas e administrativas.

Medidas físicas podem ser leitores de crachá, câmeras de segurança, fechaduras eletrônicas, cofres, etc. Medidas lógicas podem ser a instalação de um software de firewall, de antivírus, controle de acesso por usuário, etc. Medidas administrativas podem ser a elaboração de uma política de segurança da informação, assinatura de contratos de confidencialidade, etc.

Benefícios

A segurança digital proporciona a certeza de que os dados são acessados apenas pelas pessoas que deveriam ter acesso (confidencialidade), garantindo que as informações não serão alteradas de forma indevida (integridade) e que estarão disponíveis sempre que necessário (disponibilidade).

• Confidencialidade:

Garante que o acesso aos dados da organização seja restrito às pessoas autorizadas.

• Integridade:

Preserva as características originais das informações, impedindo que elas sofram alterações — seja por descuido de um colaborador ou por ataques de hackers;

• Disponibilidade:

Permite que os usuários autorizados pelo dono da informação possam acessá-la quando necessário para as tomadas de decisão;

O teste de intrusão externo avalia e explora as vulnerabilidades do seu ambiente do ponto de vista de um atacante externo, simulando o ataque real de um hacker agindo remotamente;

O teste de intrusão interno avalia e explora as vulnerabilidades do seu ambiente a partir de sua rede, simulando o ataque real de um hacker agindo localmente.

A Prime oferece o serviço de DPO. O encarregado de proteção de dados, conhecido como DPO, é um cargo exigido para adequação à LGPD. Todas as empresas devem ter um DPO nomeado.

Podemos atender sua empresa remotamente, resolvendo as demandas da ANPD (Autoridade Nacional de Proteção de Dados) e dos titulares dos dados pessoais, ou deixar um DPO alocado se o volume de dados for muito grande.